Iniciadas as aulas que preparam para a magistratura

Iniciadas as aulas que preparam para a magistratura

Começaram na noite desta segunda-feira (16) as aulas da edição 2º semestre de 2018 do Curso de Preparação ao Concurso da Magistratura, promovido pela Escola Superior da Magistratura de MS (ESMAGIS) e pela Associação dos Magistrados do Estado de MS (AMAMSUL).

O juiz Mário Esbalqueiro Jr., diretor Financeiro da Escola e professor dos cursos preparatório e de técnica de sentenças, recepcionou os alunos e contou um pouco de sua história, como forma de incentivo aos que buscam a magistratura como carreira.

O Des. Vilson Bertelli, o primeiro a ministrar aulas nessa edição, teve sua competência e simpatia enfatizadas por Esbalqueiro. No total, serão 720 horas/aula, de segunda a sexta, das 19 às 22h15. A conclusão do curso está prevista para o final do primeiro semestre de 2019, com alguns dias de férias a partir de 11 de dezembro.

Participam do curso, em uma das melhores escolas de preparatórios do país, bachareis em Direito e durante as aulas terão oportunidade de discutir temas importantes de direito civil, penal e eleitoral, direitos da criança e do adolescente, noções gerais do direito e formação humanística, direito do consumidor, direito processual civil, entre outros.

Fórum – Depois de receber os alunos, Mário Esbalqueiro convidou-os para participar do Fórum de Segurança Pública: Impunidade x Criminalidade, um evento de extrema importância, que será realizado pela AMAMSUL, em Campo Grande.

O juiz lembrou que a segurança pública é um dos grandes desafios do Brasil e destacou que, pela primeira vez, a Associação dos Magistrados de MS (AMAMSUL) quer discutir temas importantes da área, envolvendo o máximo de atores possíveis. Por isso, em parceria com a ESMAGIS, no dia 26 de julho, mês em que a associação completa 40 anos de existência, a entidade promoverá o debate com autoridades no assunto.

O evento será realizado no auditório da Esmagis e para tal foram convidados personalidades jurídicas, envolvidas com a segurança pública sul-mato-grossense. Após os debates, será redigida uma carta de intenções para ser entregue aos candidatos nas próximas eleições. A intenção da magistratura é auxiliar a sociedade a buscar soluções para problemas tão sérios.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *