Profissionais falam sobre o curso de escuta especializada

Profissionais falam sobre o curso de escuta especializada

O curso de escuta especializada, na modalidade a distância, oferecido pela Escola Superior da Magistratura (Esmagis), uma das instituições educacionais mais importantes do país, demonstra que a preocupação em proporcionar oportunidades a seus alunos está dando bons resultados. Por isso, até o dia 31 de outubro estarão abertas as inscrições para a segunda edição do curso de escuta especializada, com as aulas iniciando em 1º de novembro.

A promotora Isabelle A. dos Santos Rizzo, que atua na comarca de São Gabriel do Oeste, participou da primeira edição do curso e garante que possui ótima qualidade técnica e jurídica. “Na minha área de atuação, como já tenho o conhecimento e a prática dos fundamentos jurídicos, foi de especial importância a troca de experiências e o estudo das situações ligadas às áreas da psicologia e assistência social”.

De acordo com Isabelle, a forma didática do curso permite ao aluno que não possui conhecimentos jurídicos, perfeito entendimento da Lei nº 13.431/17, possibilitando colocá-la em prática em sua área de atuação, a fim de garantir de forma efetiva que a criança ou adolescente vítima ou testemunha de atos de violência não sejam revitimizados.

“Percebi também a grande necessidade e a importância de qualificar todos os profissionais atuantes na rede de proteção de crianças e adolescentes, tendo em vista que a nova legislação traz protocolos específicos que devem ser obrigatoriamente observados. Sem dúvida, é um curso que qualifica todos os profissionais envolvidos no atendimento das crianças e adolescentes que necessitam ser ouvidos de forma especial. E, sendo a distância, facilita e permite que possamos nos aperfeiçoar sem necessidade de nos afastarmos dos compromissos profissionais”, disse ela.

A advogada Paula Guitti Leite, representante regional da Associação Il Mantello Adoção Brasil Itália, foi outra profissional que participou da primeira edição e aponta que o curso oferecido pela Esmagis alinha a legislação e seu procedimento com as áreas da psicologia, sociologia e antropologia, e essa conversa interdisciplinar é o alicerce para que seja possível traçar juntos novos caminhos para proteção efetiva da criança e do adolescente.

“Conhecer, aprender, capacitar-se é o início da semeadura. Antes, porém, devemos limpar e arar os campos individuais, coletivos, sociais, culturais para, assim, fortalecermo-nos e transformarmo-nos em uma forte equipe. O processo é lento e gradativo, do sujeito ao grupo, de cada órgão em consonância com os demais órgãos de apoio à infância e adolescência, garantindo os direitos de nossos pequenos, que tanto dependem e esperam de nós”.

Saiba mais – A segunda edição do curso de escuta especializada da Esmagis será diferenciada, em razão da disponibilização de todos os módulos durante o mês de novembro. A intenção é preparar profissionais que atuam ou pretendem atuar no sistema de garantia dos direitos. Os participantes terão tutores especializados, material de qualidade e atendimento on-line durante os 30 dias de curso.

O curso é direcionado a pessoas que queiram ser capacitadas para utilizar a técnica da escuta especializada, em especial as que trabalham na rede de proteção da infância e da adolescência e, ao final do curso, espera-se que o participante conheça os principais aspectos e compreenda os princípios norteadores das ações na área da infância e juventude relacionadas à escuta pelo sistema de garantia dos direitos.

Pela programação, fazem parte do conteúdo compreender a história da infância e sua evolução; a importância de se contextualizar a escuta da criança e do adolescente; entender a especificidade do desenvolvimento infantil em relação à linguagem e à sexualidade; conhecer os tipos de violência sexual contra a criança; identificar as evidências da violência sexual e conhecer as consequências da violência sexual na vida da criança.

Estão também nos itens para aprendizagem conhecer a legislação que fundamenta a escuta diferenciada da criança e do adolescente no sistema de garantia de direito, segurança e justiça; compreender o percurso das denúncias, do processo de investigação e do processo judicial no sistema de justiça, e assimilar o papel dos órgãos que compõem o sistema de segurança e de justiça em casos de violência sexual.

Ficou interessado em fazer parte desse seleto grupo de profissionais que fazem a escuta especializada? Em ter uma nova oportunidade de trabalho? Acesse o site e as redes sociais da Esmagis, fique atento às datas. Seja bem-vindo à Escola Superior da Magistratura!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *